Cosméticos Verdes | Silvéstria

Cosméticos Verdes

COSMÉTICOS VERDES: O QUE SÃO?

O mercado da beleza nos oferece incontáveis opções e marcas de cosméticos e maquiagens, nos deixando em dúvida na hora da comprar: qual escolher? Vamos explicar as diferenças:

COSMÉTICOS TRADICIONAIS

Esse tipo de cosmético é mais comum e mais fácil de ser encontrado. São regulamentados pela ANVISA e contém ingredientes sintéticos, modificados geneticamente, derivados do petróleo e são testados em animais. Maquiagens, esmaltes, tinturas para cabelo, shampoos, hidratantes, desodorantes e outros, entram em contato direto com a nossa pele, que absorve certas substâncias e as direciona para corrente sanguínea, podendo ser prejudiciais a nossa saúde em longo prazo. Além do risco a saúde, como o de alergias, os cosméticos convencionais geram resíduos altamente poluentes. A boa notícia é que já existe no mercado produtos livres desses elementos prejudiciais. Podemos dividir os cosméticos verdes em três grupos: naturais, orgânicos e veganos. Eles contêm óleos naturais, ceras, manteigas vegetais, ervas, plantas, flores e frutos que interagem harmoniosamente com o organismo de forma funcional. Além disso, são produzidos dentro dos princípios da sustentabilidade, ecologicamente correto, socialmente justo, seus resíduos não prejudicam a natureza e não são testados em animais.

COSMÉTICOS NATURAIS

Pela Certificadora brasileira IBD: deve conter de 5 a 70% de ingredientes orgânicos no produto. A água e o sal não são considerados no cálculo.

Pela Certificadora internacional Ecocert: deve conter 50% de ingredientes vegetais e de origem vegetal, sendo 5% dos ingredientes do produto devem ser certificadamente orgânicos. A água é considerada no cálculo. O restante da porcentagem, são de insumos sintéticos dentro da lista dos permitidos.

COSMÉTICOS ORGÂNICOS

Pela Certificadora brasileira IBD: deve conter 95% de ingredientes orgânicos no produto. A água e o sal não são considerados no cálculo.

Pela Certificadora internacional Ecocert: deve conter 95% de ingredientes vegetais e de origem vegetal, sendo 10% dos ingredientes do produto devem ser certificadamente orgânicos. A água é considerada no cálculo. 5% são de insumos sintéticos dentro da lista dos permitidos.

COSMÉTICOS VEGANOS

Um cosmético vegano não precisa ser necessariamente natural ou orgânico, mas sim, não possuir ingredientes de origem animal e nem ser testado em animais. O veganismo é uma filosofia de vida que busca excluir a crueldade animal, seja para a alimentação, vestuário, cosmético ou outra finalidade. O selo de certificação mais comum para produto vegano é o Cruelty free.

COSMÉTICOS VERDES FUNCIONAM? POR QUE USÁ-LOS?

Sim funcionam e as vantagens dos cosméticos naturais e orgânicos contemplam desde a consciência ambiental até os benefícios para a saúde e beleza. Os fabricantes certificados estão comprometidos com uma cadeia de produção sustentável, como adquirir matérias primas vindas do comércio justo, o produto deve preservar qualidades originais dos ingredientes, causar menor impacto ambiental na produção e no descarte dos produtos, não ser testado em animais e não ser prejudicar a nossa saúde. Esses produtos se assemelham a composição da nossa pele e são melhor absorvidos por ela. Não só tratam a epiderme como devolvem a ela suas condições naturais e vitalidade. Cosméticos naturais são mais seguros e possuem baixo risco de efeitos colaterais e reações alérgicas. Não são tóxicos para nosso organismo e fornecem muito mais benefícios em longo prazo. São compatíveis com todos os tipos de pele, principalmente para as sensíveis. Substâncias produzidas em laboratório não são necessariamente ruins, em alguns casos vamos precisar delas. Nosso objetivo é evitar ao máximo a exposição do nosso corpo aos agentes sintéticos e priorizar interação com a natureza.

COSMÉTICOS VERDES SÃO ARTESANAIS?

Não são artesanais. Cosméticos verdes possuem prazo de validade similar aos cosméticos convencionais, são submetidos a controles laboratoriais de qualidade e são registrados na ANVISA.